Informações importantes sobre os gatilhos da enxaqueca

Alimentos, bebidas alcoólicas, produtos químicos, entre outros. Muita coisa pode iniciar uma crise de enxaqueca, e isso varia de paciente para paciente. Entenda melhor.

Primeiramente, o que os especialistas chamam de “gatilhos” são os muitos fatores (e são muitos mesmos!) que podem desencadear as crises de enxaqueca. Como dissemos ali em cima, os gatilhos variam muito de paciente para paciente. Para algumas pessoas podem ser alimentos, para outros podem ser picos de estresse. Abaixo fizemos uma lista1 com os principais, olha só:

  • Hábitos alimentares e de hidratação1

    Pular refeições e ingerir pouca água pode desencadear as crises, assim como a ingestão de alguns tipos de alimentos, com substâncias como nitritos e nitratos, tiramina, fenóis, aldeídos e sulfetos2. A lista é longa. Por isso, fizemos um texto só sobre alimentos que vale a pena você dar uma olhada.

  • Bebidas alcoólicas1

    O álcool também é um gatilho citado em muitos casos, em especial o vinho tinto, que também tem outras substâncias (como a tiramina)2 que podem desencadear as crises.

  • Produtos químicos1

    O forte odor de alguns produtos de limpeza, da gasolina, de perfumes, tintas e até da fumaça do cigarro podem ser gatilhos. Durante as crises, por causa da hipersensibilidade do olfato, esses cheiros também podem agravar o quadro.

  • Estresse1

    Da mesma forma, o estresse pode tanto desencadear quanto piorar as crises.

  • Sono irregular1

    Dormir pouco, superficialmente ou atrapalhar o ciclo habitual do sono, com viagens que incluem diferentes fusos horários, por exemplo, também pode desencadear uma crise.

  • Hormônios1

    Esse caso se aplica particularmente às mulheres, por causa da grande variação hormonal no período menstrual3. Mas não é só isso. O uso de medicamentos contraceptivos (pílulas) ou a reposição hormonal na menopausa também podem desencadear crises.

  • Condições ambientais1

    Até mesmo mudanças de altitude e de pressão atmosférica, o sol forte, ou as luzes muitos intensas ou intermitentes (que permaneçam piscando por tempo prolongado) podem ser gatilhos para a enxaqueca.

Em todos os casos, é importante lembrar que não são regras, mas sim possibilidades. É fundamental a auto-observação e o acompanhamento com o especialista para entender o que faz bem, o que faz mal e o que é indiferente para você.

 

Referências bibliográficas:

  1. Marmura MJ. Triggers, Protectors, and Predictors in Episodic MigraineCurr Pain Headache Rep. 2018;22(12):81. Published 2018 Oct 5. Acessado em junho de 2020.
  2. Sociedade Brasileira de Cefaleia: Alimentos que causam enxaqueca. Acessado em junho de 2020.
  3. Sociedade Brasileira de Cefaleia: Dor de cabeça e menstruação. Acessado em junho de 2020.
Outros Artigos

receba nossas atualizações